Novos sabores de pizza atraem mais clientes

Postado em Atualizado em

Com cerca de 5 mil pizzarias na cidade de São Paulo, pizzarias apostam nas novidades

image

Segundo a Associação Pizzarias Unidas, na cidade de São Paulo existem 4.700 pizzarias oficialmente estabelecidas, tanto salão quanto Delivery. Na Grande São Paulo são 7 mil; e no Estado são 11.600 pizzarias. Com tamanha concorrência, os estabelecimentos apostam nas novidades do cardápio para atrair e fidelizar clientes. Vale desde modificar os sabores tradicionais até inventar receitas exóticas.

Encontra-se por aí pizza de alface; pizza de gergelim; pizza de carpaccio de Parma; pizza de pêra; pizza de javali; de carpaccio de carne vermelha com alcaparras e mostarda; pizza trufas brancas; queijo camembert; e até pizza de frango picante com chilli, cheddar e Doritos. “A lista de novidades é interminável”, diz Carlos Zoppetti, Presidente da Associação Pizzarias Unidas. Haja criatividade para os empresários. A inovação do cardápio é fundamental, o que torna o gosto dos amantes de pizza ainda mais apurado e exigente. Com isso o mercado estará em constante melhoria. “Indico sempre aos associados que nunca deixem de aprimorar suas receitas e deixarem o cliente com a sensação de que sempre terá uma novidade no cardápio” explica Carlos.

Recentemente, a Associação passou a oferece aos empresários de pizza, vantagens e parcerias com fornecedores de iguarias mais exóticas, como o Alho Negro ou a Cebola Negra. “Queremos fomentar a evolução dos cardápios das pizzarias para que o mercado cresça e inove. Por isso firmamos parcerias para que os associados consigam boas negociações com fornecedores”, conta Carlos.

Arrojada e Inovadora, a pizza de alho negro já está virando tendência.  Assim como no passado surgiram a rúcula e o tomate seco como combinações perfeitas em saladas, pizzas e canapés, o alho negro revolucionou o menu das pizzarias. Tradicionalmente consumido por coreanos e japoneses, a iguaria tem propriedades antioxidantes que fazem dela um remédio entre os orientais. O alho negro é basicamente o alho convencional fermentado, depois de passar por um processo de envelhecimento e ganhar sabor adocicado e textura macia e cremosa. Na trilha do alho, a cebola negra também chegou às pizzas. Com sabor levemente adocicado, murcha e irreconhecível, a cebola negra é feita passando por uma estufa e por um processo de fermentação. Apesar da aparência diferente, os especialistas garantem: faz bem à saúde e é uma delícia.

Fonte: http://www.cozinhaprofissional.com.br

banner_cardapio_rest_ss

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s