Recrutamento: 5 dicas para encontrar bons funcionários

Postado em

Bons funcionários são um bem escasso e, ciente disso, apresento cinco dicas valiosas para um recrutamento de sucesso. Especialmente pequenas e médias empresas ou startups podem beneficiar-se desses critérios já testados por outros empregadores:

2607d

1)Tenha um bom produto e/ou serviço

Pode parecer simples, mas muitas vezes é negligenciado: um bom produto ou serviço é fundamental para que você seja interessante para novos talentos. Para uma empresa que oferece um produto ou serviço ruim, geralmente ninguém quer trabalhar. Mas claro que mesmo este tipo de empresa encontra pessoas, porém, certamente não será o tipo de profissional capaz de fazer a diferença.

2)Ofereça um local de trabalho atraente

O funcionário de tempo integral fica de oito a dez horas no local de trabalho. Assim, ele passa mais tempo ativo no escritório do que em casa. Muitas empresas residem em edifícios monótonos, com utilitários e decoração arcaicos. Entendo que muitas organizações não têm como bancar imóveis em bairros bacanas ou adquirir móveis de design. Mas isso não é necessário. Por que não utilizar uma fábrica abandonada, ou um velho prédio no estilo art déco? Móveis legais não precisam ser caros.

3)Aposte na flexibilidade

Com a flexibilidade não me refiro apenas a horários flexíveis. Eu mesmo acabei aprendendo que não compensa obrigar, por exemplo, desenvolvedores de software a trabalhar no horário comercial. Se alguém consegue trabalhar melhor das 11h às 21h, é melhor deixá-lo neste horário, respeitando o seu biorritmo.

4)Estimule o senso de responsabilidade

O empregador que sempre costuma ditar o que seus funcionários devem fazer, não deve se surpreender quando as pessoas ao seu redor se concentram apenas naquilo que lhes é estipulado. Pode ser que o produto ou o serviço oferecido seja tão bem-sucedido no mercado, que os funcionários vejam isso como um incentivo para descansar sobre os louros do sucesso e apenas efetuar os esforços necessários para assegurar o status quo já alcançado. Mas, em médio prazo, essa atitude leva quase que a um impasse. Quem pensa de modo empreendedor sabe o potencial de seus colaboradores de trabalho, os estimula e os desafia nas suas funções. Um trabalhador que assume a responsabilidade para desenvolver ideias e crescer como pessoa é muito mais ligado à sua empresa e ao sucesso dela do que um funcionário que sempre pensa em apenas cumprir a sua parte.

5)Valorize a sua rede de funcionários

Desde a ascensão das redes sociais, toda empresa está ciente de que os seus funcionários não só trabalham, comem e dormem, mas também passam uma porção razoável de seu tempo com amigos e parentes – que por sua vez desempenham uma grande variedade de profissões. Se, portanto, você atrair um bom talento por meio de um bom produto, de um local estiloso, com horário de trabalho flexível, alto grau de autonomia e responsabilidade e disposto a acreditar em você e na sua empresa, então eu posso supor que ele sempre falará bem de você e da sua companhia na rede de contatos dele, além de lhe indicar outros bons candidatos. Na melhor das hipóteses, você acaba ganhando mais um bom funcionário – sendo que a recomendação e o recrutamento foram gratuitos.

Fonte: www.administradores.com.br

banner_manual_conduta

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s