Prevenindo incêndios com atitudes simples

Postado em Atualizado em

Saiba alguns dos principais cuidados para evitar incêndios em seu estabelecimento e prevenir situações de risco

12112014

Chamas, óleo quente, equipamentos a gás e elétricos. Esses são apenas alguns itens que compõem uma cozinha e que, se não forem utilizados da maneira correta, podem provocar acidentes graves e até fatais. Não raramente é noticiado algum tipo de incêndio que se inicia na cozinha de bares, restaurantes e lanchonetes. Em muitos casos, o risco poderia facilmente ser eliminado com atitudes simples.

Um estudo realizado pela Liberty Seguros, de agosto de 2012 a agosto de 2013, com 5,3 mil restaurantes, bares e cozinhas industriais, em todas as regiões do país, apontou que instalações incorretas de gás, rede elétrica e a má utilização de equipamentos estão entre as principais causas de incêndios e explosões. Outra constatação é de que boa parte dos estabelecimentos não está dentro dos padrões e normas gerais de segurança contra incêndio.

O resultado desse levantamento está na Cartilha de Prevenção de Riscos para PMEs (pequenas e médias empresas), elaborada com base na pesquisa de campo junto aos empresários do segmento, na análise das informações técnicas do Grupo Liberty Mutual, da Associação Americana de Proteção contra Incêndio (National Fire Protection Association – NFPA) e do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo.

Confira as principais dicas abordadas na cartilha:

– Para acender o fogão, muitas cozinhas utilizam palitos embebidos em álcool. No entanto, esse é um dos maiores causadores de incêndios e queimaduras. A sugestão é ligar os fogões com acendedores específicos e seguros;

– Antes de efetuar qualquer operação de limpeza ou manutenção, retire o cabo de alimentação da tomada ou desligue o disjuntor;

– Não utilize cera ou produtos de limpeza com silicone ou materiais inflamáveis, tais como álcool, querosene, gasolina e thinner. É recomendável a utilização de sabão, removedores de gordura ou detergentes, e secar imediatamente após a limpeza;

– Faça a limpeza periódica dos filtros dos exaustores para eliminar as partículas de gordura retidas nos vapores de cozimento;

– Cuidado com as fritadeiras. O óleo quente constitui um risco considerável para os trabalhadores que usam fritadeiras, com a possibilidade de o empregado sofrer queimaduras graves se o óleo ou a gordura não arrefecer antes do manuseio.

Fonte: Revista MNMV nº 10 *Matéria na íntegra disponível na versão impressa

banners_cozinha_industrial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s