Higiene e Limpeza

Soluções eficientes para economia de água em restaurantes

Postado em Atualizado em

A crise hídrica vivida no Brasil parece não estar apenas de passagem, segundo especialistas em gestão de recursos hídricos o país necessitará de pelo menos três anos para começar a sair da crise. Isto contando com bons índices no volume de chuvas. Mas crises como a falta de água, por exemplo, também são importantes para despertar nas pessoas e empresas o interesse pela melhoria em setores que até então eram ignorados. Em se tratando de restaurantes a cozinha é um deles. A água na cozinha dos restaurantes mudou seu trajeto, os ralos deixaram de ser seu único destino e o conceito de que torneira que jorra muita água é a que lava melhor já foi por água abaixo.

 

05032015ASobre equipamentos eficientes para economia de água nos deparamos com uma novidade no mercado que vem caindo no gosto dos restaurantes. Um equipamento com aparência discreta mas com tecnologia alemã tem despertado o interesse de donos de restaurantes não só pela sua eficiência em lavabilidade de copos mas também pela economia de água gerada por este processo que pode chegar a até 70%. Chamado de Spulboy, o equipamento possui dois recipientes, o primeiro onde o copo sujo é inserido para retirada das impurezas e o segundo recipiente para o enxague. O que nos despertou tanta curiosidade foi como o equipamento poderia gerar uma economia entre 60% e 70% de água na lavagem de copos.

Em busca de respostas tivemos acesso ao equipamento e podemos constatar algumas características.

1 – Quando o copo é colocado no recipiente de enxague o fluxo de água faz o enxague por completo em no máximo dois segundos, isto mesmo, dois segundos. Ao retirarmos o copo do recipiente o fluxo de água é interrompido instantaneamente.

2 – Todo o processo de lavagem e enxague do copo acontece em apenas 4 segundos, aumentado em muito a eficiência dos colaboradores que passam a ter uma autonomia de higienização de 15 copos por minuto.

3 – O recipiente de lavagem, onde fica o sabão é renovado automaticamente enquanto o copo é enxaguado no segundo recipiente.

4 – O número de quebra de copos também diminui bastante.

5 – A instalação é muito fácil e não necessita energia elétrica para o funcionamento.

Para entender melhor todo o processo você encontrará neste site do distribuidor um vídeo demonstrando a utilização do equipamento.

05032015Mesmo com equipamentos tão econômicos na lavagem de copos não podemos nos esquecer de que a água dispensada por estes equipamentos ainda pode ser reutilizada para a lavagem de pisos e descargas nos banheiros. Você pode armazenar esta água em grandes bombonas ou até mesmo em caixas d’água. Caso deseje enviar a água de reuso para uma caixa d’agua existem no mercado as chamadas bombas submersas que bombeiam a água automaticamente para recipientes que estejam em níveis superiores. A grande vantagem destas bombas é que não há a necessidade de se preocupar em ligá-las ou desligá-las. As mesmas já possuem um sistema de boia que aciona ou desliga a bomba de acordo com o volume de água do recipiente.

É possível perceber que sistemas eficientes para a economia de água são uma realidade no mercado. A necessidade agora é da conscientização individual e coletiva em valorizar os recursos naturais, aprendendo a utilizá-los com eficiência, somente assim saberemos o seu verdadeiro valor.

Colaboração:

05032015CHOGASERV SERVIÇOS PARA HOTELARIA
E GASTRONOMIA LTDA (SPULBOY)
(21) 3216-9555
www.spulboy.com.br
comercial.hotelplus@pluslink.com.br

 

banners_cozinha_industrial

Cortes e acidentes de trajeto são as principais causas de acidentes em restaurantes

Postado em Atualizado em

 

Um estudo apresentado pela Revista Brasileira de Saúde Ocupacional realizado pelas professoras do Curso de Fisioterapia da Faculdade de Medicina da USP,  Raquel Aparecida Casarotto e Luciane Frizo Mendes demonstra que cortes e acidentes de trajeto são os acidentes que ocorrem com maior frequência dentro de cozinhas industriais. O estudo faz um levantamento do conjunto de características que podem causar  acidentes de trabalhos típicos.

08012015

Alguns acidentes de trabalho estão relacionados com o desenvolvimento da tarefa em si, como cortes e queimaduras. Outros relacionam-se à falta de manutenção adequada dos equipamentos, como choques elétricos, preensões e amputações. Outros ainda devem-se às condições ambientais inadequadas, como, excesso de água no chão, sistema de drenagem ineficiente e piso com material inadequado. Cerca de 8% dos pacientes atendidos em centros de queimaduras são trabalhados de cozinhas, e grande parte por escaldo dos pés ou tornozelos.

image

Os acidentes de trajeto ocorrem principalmente por um fluxo desordenado dentro das cozinhas, causando trombadas e ou escorregões devido à falta de limpeza frequente do piso. O grande risco destes tombos estão relacionados principalmente à atividade que é executada no momento do acidente. Na maioria das vezes os funcionários estão carregando panelas quentes ou portanto facas.

Para minimizar os riscos de acidentes dentro das cozinhas industriais é fundamental que toda a equipe passe por um treinamento para que possam realizar suas atividades sempre visando a segurança individual e coletiva durante as tarefas. É preciso conscientização de que a utilização de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) é fundamental para sua própria segurança. É comum encontrarmos dentro das cozinhas funcionários que não utilizam luvas de aço para corte de carnes, ausência de aventais importantes também para minimizar os efeitos de queimaduras e utilização de calçados inadequados incompatíveis para as atividades.

Fonte: GR – www.gestaoderestaurantes.com.br

banner_manual_conduta

GR Lança novo Fórum de discussão

Postado em Atualizado em

A GR lançou no dia 26 de novembro um novo fórum de discussão

27112014

O novo fórum de discussão é muito dinâmico e interativo, permitindo aos usuários interagir com outros donos de restaurantes e profissionais do setor. As discussões do fórum estão separadas por categorias, o que facilitará em muito a leitura e o aprendizado através do tema desejado, que passam pela administração financeira, operacional, segurança alimentar, decoração, abertura, marketing, dentre diversos outros temas. O fórum tem uma interface agradável e bem simplificada, o que colabora para a navegação sem dificuldades.

O que levou a GR a investir em um novo sistema de discussão é a premissa de que a informação e o aprendizado devem estar disponíveis a todas as pessoas que pretendem administrar suas empresas com eficiência e qualidade. 

Convidamos a todos os nossos leitores a conhecerem o novo fórum e colaborar com seu conhecimento, dúvidas e informações relevantes para o mercado de alimentação fora do lar.

http://www.gestaoderestaurantes.com.br/forum/index.php

Um grande abraço e sucesso a todos.

Equipe GR

banner_adm_restaurantes

GR inova com novo sistema de busca de fornecedores para restaurantes e bares

Postado em

Restaurantes e bares de todo o Brasil, contam com mais um aliado para compor sua base de fornecedores de produtos e serviços. Com o novo sistema lançado pela GR no dia 03 de setembro, fornecedores poderão cadastrar suas empresas e oferecer seus produtos e serviços a restaurantes de todo o Brasil. A tecnologia envolvida na elaboração do sistema é de última geração, com layout adaptável para computadores, tablets e smartphones. Além disso aferramenta proporciona buscas amplas baseadas em palavras-chave ou regionalizadas podendo pesquisar por estado, cidade e categoria de produtos e serviços. Com esta novaferramenta a GR pretende oferecer o maior banco de dados de fornecedores do Brasil para o setor de alimentação fora do lar.

03092014

Segundo Alison Figueiredo, diretor da GR, esta ferramenta não é uma conquista individualizada da empresa, mas uma conquista de todos os gestores de restaurantes que tem enorme dificuldade para encontrar fornecedores, seja nas proximidades do seu restaurante ou até mesmo do outro lado do país. O Guia de Fornecedores pode ser utilizado acessando o site da empresa www.gestaoderestaurantes.com.br

Fonte: GR Gestão de Restaurantes

Dicas para evitar pragas no Restaurante

Postado em

27062014bTodos sabemos que o boca a boca pode levar seu restaurante tanto para o sucesso quanto para o fracasso. Obviamente nenhum restaurante deseja ter seu nome na boca da clientela dizendo ter encontrado insetos no prato, ratos ou baratas rodando pelo salão ou coisas deste gênero.

Restaurantes oferecem um banquete sem fim para qualquer tipo de praga como comida, abrigo e água. Portanto o trabalho de prevenção deve ser constante, visando evitar que as coisas saiam do controle e que seu restaurante seja até mesmo interditado pela Vigilância Sanitária.

Veja que com simples ações é possível manter um ambiente limpo e longe de pragas:

1 – Cuide da bagunça. Evite manter coisas entulhadas. Seja dentro do restaurante ou do lado de fora, coisas entulhadas oferecem abrigo para as pragas. No estoque mantenha tudo sempre em caixas plásticas e empilhadas.

2 – Dependendo do seu volume de produção faça a limpeza de sua caixa de gordura no mínimo a cada 3 meses. Sempre mantenha as caixas de gordura vem vedadas, pois elas são grandes criadouras de moscas.

3 – No final de um longo e agitado turno, limpeza completa é essencial para afastar pragas. Afaste regularmente bancadas,  geladeiras e móveis para trás para realizar a limpeza de resíduos de comida acumulados. Vede frestas e rachaduras no piso e na parede.

4 – Mantenha uma estreita vigilância sobre armazenamento. Mantenha sempre limpas as áreas de armazenamento e certifique-se de que elas também estão livres de umidade. Áreas quentes e escuras atraem todos os tipos de pragas, por isso todo o estoque deve ser examinado em busca de excrementos de pragas ou até mesmo pragas vivas, produto danificados ou rasgados, e outros sinais de infestação.

5 – Faça uma boa triagem de todo o material que chega ao seu restaurante. Um limpeza inicial como retiradas de madeiras, papelões já evita que diversos tipos de pragas tenham acessos facilitado ao seu estabelecimento.

6 – Combater o lixo. Restaurantes produzem grandes quantidades de resíduos, o que é apenas mais um motivo para as pragas ficarem por ali. Não permaneça com o lixo da cozinha por mais que meio período. Esvazie-as com frequência. No depósito de lixo, mantenha sacos e lixeiras muito bem vedados. Coloque o lixo no passeio apenas poucas horas antes da coleta, pois ratos principalmente podem se sentir atraídos pela grande oferta de comida. Sempre higienize o depósito de lixo e a lixeira do passeio. O cheiro também colabora para atrair diversas pragas.

7 – Dedetize seu estabelecimento pelo menos a cada 3 meses. Aproveite dias em que o estabelecimento não abre para dedetizá-lo e também colocar armadilhas.

8 –  Um programa de saneamento eficaz só é possível com a ajuda de sua equipe. Peça à empresa de dedetização para instruir seus funcionários sobre a importância em se manter o ambiente limpo para que todos possam fazer um bom trabalho de equipe e fiscalização mútua.

banner_adm_restaurantes

10 dicas para manter seu estoque seguro e organizado

Postado em

Adquirir mantimentos em grandes quantidades para conseguir bons preços é uma estratégia bem comum, já que os fornecedores costumam dar descontos a quem compra mais. Porém, quando a mercadoria chega, vem a pergunta: onde estocar tudo o que foi comprado?

Nesses casos, se você não possui espaço suficiente, o barato acaba saindo caro! Por isso, é fundamental que todas as pessoas envolvidas nos processos de compra conheçam bem as dimensões dos locais de armazenamento, tanto do estoque seco quanto das geladeiras e freezers. A regra é: “se não vai caber, não vale a pena comprar”.

13052014a

A limpeza e a organização dos estoques é outro ponto importante para garantir a segurança e o melhor aproveitamento de cada item armazenado. Se mal organizados ou acondicionados de maneira incorreta, eles podem ficar impróprios para o consumo, correndo até riscos de contaminações e, consequentemente, problemas com a Vigilância Sanitária.

Para ajudar você nessa tarefa, preparamos dez dicas práticas de organização do seu estoque, aproveitando o espaço disponível e garantindo a conservação dos alimentos. Confira!

1. Existem três tipos de armazenamento de produtos de acordo com a temperatura: o seco (do qual falaremos no ponto a seguir) o congelamento e a refrigeração. Para o congelamento, o ideal é mantê-los a 0° C ou menos. Na refrigeração, devem estar sob temperaturas entre 0° C e 5° C.

2. O estoque seco serve para guardar mantimentos em temperatura ambiente. Nele, nada deve ser colocado diretamente sobre o piso. O indicado é usar paletes, estrados ou estantes, à distância de 25 centímetros do chão, com pelo menos 10 cm da parede e a 60 cm do teto. Esses cuidados permitem a circulação de ar entre os alimentos.

3. Nunca armazene artigos de limpeza no mesmo local de conservação dos alimentos.

4. Procure sempre deixar os produtos em sua embalagem “de fábrica”, geralmente feitas de plástico ou vidro, que são materiais apropriados para a armazenagem. Caixas de papelão ou madeira devem ser retiradas do local, pois servem de abrigo para pragas.

5. Para evitar riscos de infestação, separe os alimentos industrializados (conservas, enlatados etc.) de grãos e cereais.

6. Certifique-se de  que todos os itens estejam identificados com nome, marca, fabricante, data de fabricação e prazo de validade. Caso essas informações não constem na embalagem, coloque-as em etiquetas bem visíveis.

7. Ao porcionar os mantimentos ou retirá-los de sua embalagem original por danos ou qualquer outro motivo, transfira-os para recipientes plásticos higienizados, etiquetados e adequadamente fechados – e, se possível, do mesmo formato, o que facilita a organização e ocupa menos espaço.

8. Empilhe os produtos de forma alinhada. Dê preferência para arrumá-los em forma de cruz (modo mais seguro), que favorece a circulação de ar e ainda proporciona o melhor aproveitamento do espaço.

9. Armazene as embalagens no sentido correto, evitando que estejam de cabeça para baixo.

10. A disposição deve sempre obedecer a data de fabricação e a validade. Os produtos mais “antigos” precisam ser consumidos antes. Utilize o sistema chamado PVPS: primeiro que vence, primeiro que sai.

Fonte: http://www.unileverfoodsolutions.com.br/

banner_como_montar_restaurante

Como escolher as toalhas de mesa para seu Restaurante

Postado em

Um dos itens de decoração que mais se expressam dentro de um salão assim que damos entrada são as toalhas de mesa. Claras, escuras, xadrez, elas estão ali para colaborar com a atmosfera do estabelecimento. Saiba quais os prós e contras ao optar por colocar toalhas de mesa em seu estabelecimento.

Os prós:

Toalhas de mesa em restaurante oferecem vários benefícios, incluindo:

• Um maneira barata de cobrir mesas antigas ou feias e disfarçar suas imperfeições.

• De fácil substituição.

• Dispõe de uma enorme variedade de cores e tamanhos

• Veste instantaneamente qualquer sala de jantar restaurante

Os contras:

Antes de sair correndo para comprar toalhas de mesa para restaurantes, considere estas desvantagens antes de se decidir:

• Elas não são tão resistentes como os tampos da mesa. Partes puídas, manchas e buracos tornarão as toalhas inutilizáveis no salão.

• Requer muito mais manutenção do que uma mesa, que pode ser limpa com um pano úmido. Toalhas de mesa tem que ser lavadas, passadas, dobradas e guardadas.

• Pode transmitir uma impressão errada para os clientes, que podem achar que o restaurante é “chique”, quando tudo o que eles querem é um hambúrguer e cerveja.

• Toalhas de mesa não vão dar boa impressão se estiverem manchadas, amarrotadas e mal lavadas. é preciso ter cuidados constantes.

Comprando as toalhas de mesa do seu Restaurante:

Aqui estão algumas dicas para levar em consideração quando for comprar toalhas de mesa e guardanapos:

• Evite cores da moda. Cores quentes por exemplo saem de moda ou enjoam com bastante facilidade. Branco e marfim são uma boa escolha, porque eles nunca saem de moda. Se você quer ter cores mais fortes, utilize-as nos guardanapos de tecido.

30042014a

• Procure por um tecido de qualidade, para uso profissional.  Tecidos profissionais são feitos para durar muito mais tempo do que os de uso pessoal.

• Faça as contas. Se você for comprar toalhas para poupar dinheiro ao abrir um novo restaurante, elas podem lhe custar muito mais a longo prazo. Coloque no papel gastos como as contas do serviço de lavandaria, a substituição de toalhas estragadas por novas e o tempo e energia se decidir higienizá-las no próprio estabelecimento.

banner_guia_de_produtos