Marketing

50 Estratégias para alavancar as vendas do restaurante

Postado em

Em tempos de grande competitividade os restaurantes já não podem se dar ao luxo de abrir as portas e aguardar que os clientes entrem; eles precisam criar oportunidades de vendas dentro e fora do estabelecimento para aumentar o volume de vendas e de clientes. Há também a necessidade de voltar os olhos para dentro da operação e encontrar estratégias para economizar recursos, mantendo a qualidade e a eficiência da produção.

Entre as estratégias citadas em nossa vídeo aula “Restaurante de Sucesso. 50 Estratégias para Lucrar Mais” está a possibilidade de realizar parcerias com empresas de entretenimento próximas ao seu restaurante. Se seu restaurante está localizado próximo a casas noturnas, cinemas, teatros, ginásios poliesportivos há sempre clientes em potencial que escolheriam o seu estabelecimento para almoçar ou jantar após estes eventos. Em parceria com estes locais de eventos é possível deixar um flyer ou um encarte oferecendo um chopp ou refrigerante de cortesia para que for ao restaurante com o encarte e consumir acima de determinado valor. Seu restaurante irá se beneficiar muito com esta estratégia e sair na frente dos concorrentes que estão pelos arredores.

Para conhecer um pouco mais sobre a nossa vídeo-aula “Restaurante de Sucesso. 50 Estratégias para Lucrar Mais” acesse nossa loja virtual clicando aqui.

Quem é assinante premium já pode assistir à nossa vídeo-aula sem custos adicionais neste link. Se você quer se tornar um assinante premium e desfrutar de todo o nosso conteúdo inclusive ter acesso as novas atualizações basta clicar aqui para contratar, mas se prefere conhecer todo o conteúdo disponível para assinantes veja nosso catálogo aqui

Anúncios

9 razões para investir na comunicação visual do seu bar

Postado em

Um bar precisa ter muito mais do que boa comida e um excelente atendimento para se destacar. Os clientes estão cada vez mais exigentes e se você não investir na comunicação visual para vender a sua imagem, poderá perder muitas oportunidades interessantes para a concorrência.

curso restaurante
Vamos destacar algumas razões para fazer o seu ponta de venda ficar mais atrativo e estabelecer um marketing eficaz.

Mostre sua personalidade

Cada bar tem uma identidade própria, alguma temática a ser explorada. Se o forte do seu negócio for vender petiscos de peixe, por exemplo, poderá investir em uma comunicação visual voltada para o alto-mar, um aquário, pendure um timão na parede, etc. Uma decoração com bumerangues pode ser ótima para criar um ambiente australiano, já se for uma temakeria, pode trabalhar imagem de gueixas, peças de kabuki e outros temas que remetam ao Japão.

Faça uma sinalização adequada

Faça uso da sinalização para indicar onde fica o banheiro, a cozinha, que identifique as mesas por números, mostre a entrada para deficientes, deixe exposto no caixa quais os tipos de cartão aceitos para pagamento, etc.
A disposição das mesas e cadeiras deve permitir acomodar o maior número de pessoas possível e deixar um corredor livre para a circulação de pessoas e garçons.

Se o seu ambiente for grande, poderá utilizar biombos para dividi-lo em dias que estiver com menos clientes (para evitar a impressão de que está vazio) ou retirá-los para dar ideia de amplitude quando estiver lotado.

curso restaurante

Aproveite as redes sociais

Hoje as redes sociais são uma das formas mais baratas e mais eficazes de se fazer o marketing de uma empresa. Os clientes costumam fazer o check-in enquanto esperam pelos pedidos, e se suas paredes forem divertidas e temáticas, eles poderão tirar fotos para compartilhar com os amigos! Portanto, não se esqueça de divulgar a senha da internet, seja no rodapé do cardápio ou junto com a plaquinha de Wi-Fi.

Aprenda a customizar seus acessórios

Não é só nas paredes que a marca deve estar, mas também nos acessórios. Existem muitas ideias simples, mas que dão um toque bastante especial. Em vez de simplesmente levar os talheres, experimente colocá-los em pequenos envelopes compridos com desenhos que remetam ao seu logo. Os jogos americanos personalizados, os copos e os guardanapos também devem combinar com a decoração do seu ponto de venda.
A empresa Starbucks lançou recentemente uns copos vermelhos para comemorar o Natal e virou assunto nas redes sociais, tanto por sites de notícias quanto pelas fotos de pessoas que foram até a loja comprar uma bebida quente em pleno período de calor. Ótima ideia de marketing, não?

Realize promoções e divulgue

Vai fazer algum evento e quer informar os seus clientes? Deixe um pequeno cubo com a informação sobre a mesa, deixe um panfleto solto dentro do cardápio. Motivos para fazer uma comemoração não faltam.
Convide seus clientes para assistir a uma partida de futebol e ofereça chopp em dobro até as 18h00. Happy hour com mariachis para o seu bar mexicano. Que tal montar um totem com o “Ligeirinho” nesse dia?

Existem no mercado diversas opções de displays automontáveis, como os oferecidos pela Faster Displays. São estruturas com uma imagem impressa que podem ser rapidamente montadas ou desmontadas, leves e facilmente transportáveis.

Podem ser usados para falar sobre o menu do dia, alguma comemoração especial, uma urna para participação em um sorteio ou até mesmo deixados na entrada para que sejam vistos da rua. Assim os clientes ficarão sabendo da “noite parisiense”, do “dia do nordeste” e da promoção de “brigadeiros gourmet”.
No balcão, deixe um cartãozinho com os horários de funcionamento, telefones e endereços nas redes sociais. Afinal é do seu interesse que o seu negócio seja conhecido, certo? Portanto, não deixe de divulgá-lo. Acompanhe neste post algumas dicas de como fazer isso.

Faça cardápios chamativos

O cardápio é a primeira coisa que o cliente vai pedir assim que chegar ao seu ponto de venda e, felizmente, é onde a criatividade não tem limites.

Vejamos alguns exemplos: um cardápio em forma de pizza; escrito em alemão (com tradução para o português, claro) para um bar especializado em salsichões; uma tábua de carnes para quem vende espetinhos; no formato de cartas de baralho, etc.

Outra forma de variar é atribuir nomes aos pratos: um sanduíche “Pernalonga”; uma porção “Piratas do Caribe”; um suco de “Morancaxi”, ou seja, deixe a imaginação fluir e brinque com os seus clientes.
Adesive suas paredes, coloque almofadas

Uma combinação de cores adequada pode criar um ambiente mais descontraído, mais informal, dependendo da sua intenção. Adesivos são uma forma simples e barata de facilitar uma decoração temática. As paredes podem parecer um jornal, várias histórias em quadrinhos ou até mesmo uma praia.
Não são somente os restaurantes japoneses que podem ter almofadas no chão. Um ambiente mais jovem pode aproveitar essa ideia, com futons despojados, por exemplo. Se tiver espaço, poderá colocar até uma mesa de sinuca e um jukebox.

Trabalhe sua equipe

Para o que marketing do seu negócio tenha efeito, envolva sua equipe de trabalho. É simples recolher um guardanapo que caiu no chão, ser cordial e simpático com o cliente e evitar aborrecimentos. É preciso manter o local limpo.

Além disso, forneça uniformes para garantir um padrão de cores, fortalecendo a comunicação visual com o seu público — se possível, uniformes temáticos. Não precisa ser nada de complicado, um simples chapeuzinho de marinheiro, um garçom ao estilo gaúcho para servir as carnes, um pizzaiolo italiano na cozinha, por exemplo.

Venda-se

Qual o objetivo do seu ponto de venda? Vender! É por isso que investir em comunicação visual é essencial para que o seu bar seja conhecido e consiga se destacar em meio de tantos outros concorrentes.
Antes de saber se a comida é boa, o cliente vai sentir o ambiente, ver se o local está limpo, se a decoração combina, se o atendimento é adequado. Permita que essa experiência seja agradável.

Deixe que divulguem nas redes sociais, anuncie suas promoções, informe os horários de atendimento ao público e interaja. Totens oferecem um excelente custo-benefício, pois a montagem é rápida, ocupam pouco espaço e são personalizáveis. Ajudam a divulgar as promoções e difundir a sua marca.

Esperamos que essas dicas tenham sido importantes para o seu ponto de venda. Deixe o seu comentário e envie sugestões!

Fonte: https://www.petink.com.br/9-razoes-para-investir-na-comunicacao-visual-do-seu-bar/

curso restaurante

6 dicas para otimizar a comunicação visual de seu restaurante

Postado em

Além de ter um belo cardápio e um excelente atendimento, você já pensou em cuidar de perto da comunicação visual de seu restaurante? E com uma clientela cada vez mais conectada e em busca não apenas de pratos de qualidade, mas também de experiências agradáveis, cuidar desse ponto não é apenas uma escolha, é uma questão de sobrevivência em um mercado extremamente competitivo.

curso restaurante

Mas, então, como fazer para melhorar a comunicação visual de seu restaurante? Como fazer para deixá-lo mais atrativo para o público-alvo? É bastante simples: confie nessas dicas que vamos mostrar aqui no post. Quer saber quais são? Vamos lá!

Use placas para passar informações importantes aos clientes

Independentemente do tamanho do seu restaurante, é importante não deixar o cliente perdido ali dentro para que ele não tenha que perguntar a um garçom algumas informações básicas e não desista de comer naquele lugar.

Use adesivos ou placas para informar onde ficam os banheiros e sobre a existência de rede Wi-Fi. Inclusive, informe através deles a senha da internet para os seus clientes — lembre-se de que hoje em dia a maioria das pessoas dá uma olhada nas redes sociais e e-mails enquanto aguarda seus pratos. Indique corretamente onde ficam os banheiros e não se esqueça de informar logo na entrada quais são os tipos de pagamento, as bandeiras de cartões de crédito e de vale-refeição que são aceitos no estabelecimento.

Tenha em mente que tudo isso faz parte da experiência do cliente em seu restaurante e uma simples dificuldade em saber alguma informação pode estragar tudo.

Preocupe-se com a acessibilidade

Muitos donos se esquecem de pensar em quem tem necessidades especiais, como pessoas com deficiência, idosos, gestantes e obesos. E isso é algo que pode ser facilmente planejado ou corrigido através da comunicação visual de seu restaurante.

Indique com adesivos quais são as mesas preparadas para esse tipo de cliente e informe se existe ou não um banheiro projetado para atendê-los. Tenha em mente que esses clientes são extremamente importantes e que, como a maioria dos estabelecimentos acaba por deixá-los de lado, aquele que faz um belo trabalho acaba conquistando a clientela.

Customize os seus acessórios

Mesmo que o cliente já tenha feito o pedido e esteja satisfeito com o seu restaurante, provavelmente você quer que ele volte mais vezes, certo? E que forma é melhor para fazer isso do que com um bom trabalho de branding?

Termo conhecido do mundo do marketing, o branding é um mix de comunicação que ajuda o cliente a estabelecer uma relação afetiva com a sua marca através do reconhecimento de seus padrões. É algo bastante efetivo em trazer lucros para os negócios. Mas como fazer isso em um restaurante? O uso de acessórios personalizados, como jogos americanos e bolachas de chopp é uma das maneiras.

Como é bastante importante manter o contato do cliente com a sua marca, nada melhor do que colocá-la em pontos estratégicos como esses onde ele pode reconhecê-la de maneira bastante orgânica e natural

Deixe bem à vista qual é o cardápio principal do dia

Cavaletes, quadros escritos com giz de cera, jogo americano personalizado, totens com formato de um chef de cozinha, etc. O que não faltam são opções para avisar aos clientes de antemão qual é o seu prato principal do dia. E como podemos ver até em boards do Pinterest, existem diversas maneiras muito criativas de se fazer isso, seja com um estilo mais antigo, uma mistura de madeira e adesivos e até cartazes colados diretamente na parede.

Quando você avisa facilmente para o cliente qual é o prato do dia, você agiliza o pedido dele, melhora a experiência com a marca e ainda atrai novos clientes para o seu restaurante.

Mostre a personalidade do seu serviço através da decoração

Outra maneira muito importante de trabalhar o branding da sua empresa e criar uma boa experiência para os seus clientes é por meio da decoração.

Responsável não apenas por deixar um restaurante bonito, a decoração deve ser pensada para trazer tranquilidade para a pessoa enquanto ela está comendo e ainda passar a mensagem da sua empresa. Por isso, o uso de adesivos para decorar ou modificar paredes e janelas pode ser uma saída interessante — e até barata — para o seu restaurante.

E assim como mostramos no tópico anterior, o Pinterest pode ser uma interessante rede social para trazer ideias de como usar adesivos para esse tipo de decoração, como esse, onde os donos do restaurante usaram o material para informar as bebidas da casa e esse outro, onde simularam uma arte feita com giz em uma parede pintada de preto.

Em todos esses casos, a decoração, além de combinar e deixar o ambiente mais atrativo, também informa os clientes e ajuda a manter a identidade da marca sempre presente no lugar. E isso é extremamente importante.

Avise aos clientes sobre as promoções da casa

Se o seu restaurante tem promoções especiais para alguns horários ou dias da semana, é importante avisar ao seu cliente sobre isso. E existem boas formas de fazer isso através da comunicação visual.

Coloque cavaletes diferentes na porta avisando quem passa por ali sobre essas promoções, coloque banners promocionais do lado de dentro do restaurante avisando algum desconto e use até mesmo pequenos cubos em cada mesa para informar sobre um happy hour promocional ou outro tipo de desconto.

Lembre-se de que promoções são uma ótima maneira de atrair ainda mais clientes, mas que, antes de qualquer coisa, é bastante importante que eles saibam quando é que elas acontecem.

Capaz de melhorar as vendas, o atendimento e, principalmente, a experiência do cliente com a sua marca, a comunicação visual de seu restaurante é uma ferramenta muito importante para você atingir esse objetivo.

Fonte: https://www.petink.com.br/comunicacao-visual-de-seu-restaurante/

curso restaurante

10 Dicas de Facebook Marketing para Bares e Restaurantes Chamarem mais Clientes no Final de Semana!

Postado em

Hoje em dia todo tipo de comércio precisa do Facebook para ganhar notoriedade, mesmo aqueles que são ligados à gastronomia, pois não é pelo fato de trabalhar com comida é que não precisam usar o marketing, muito pelo contrário – é neste tipo de negócio, em que a concorrência é grande é que se precisa sempre fazer a diferença e neste artigo teremos algumas dicas de como usar o Facebook para chamar mais clientes em dias de sábado e domingo, em que a concorrência é cada vez mais feroz.

Um dos grandes erros de quem tem um bar ou um restaurante é justamente por ter uma boa clientela é que não precisam investir de forma consistente no marketing nas redes sociais e é justamente o contrário, pois é nestes tipos de negócios é que temos que investir em redes sociais, pois os bares e restaurantes precisam sempre de pessoas que estejam interagindo e nada melhor do que as redes sociais para que se aumente esta interação e abaixo dez dicas para se usar o Facebook de forma eficaz:

10032015

 

  1. Criar formas de chamar o público por meio de uma promoção é tudo de bom, ou seja, quem não gosta de economizar dinheiro e ainda aproveitar tudo o que o bar e o restaurante tem de melhor ? Aproveite algumas ferramentas que o Facebook possui para criar promoções e veja a sua clientela aumentar de forma considerável.
  2. Faça com que o cliente sempre interaja com a sua página, ou seja, peça um curtir ou compartilhar algo bem interessante, como uma bela mesa com uma boa cerveja e aperitivos.
  3. Há estabelecimentos comerciais que estão trabalhando com aplicativos que ajudam a fazer os pedidos, portanto crie uma página explicativa sobre o aplicativo e coloque o botão para que os interessados possam curtir esta página.

10032015A

4.  Um dos maiores erros de quem tem uma Fan Page é não colocar os dados atualizados, ainda mais quando se deseja fazer promoções todos os fins de semana, portanto pense muito bem em que tipo de promoção que deseja fazer e faça uma boa capa para a sua promoção de fim de semana.

5.  Coloque sempre imagens de boa qualidade e coloque textos bem claros e que não deixe dúvidas para o cliente.

10032015B

6. Chame a Atenção das Pessoas e Crie Relacionamento com sua Audiência!

7. Não basta apenas fazer uma boa promoção, é de suma importância que se coloque sempre algo a mais que chame a atenção dos clientes, como música ao vivo ou algum tipo de receita que seja o grande diferencial do bar ou do restaurante.

8.  Faça ações em que os clientes sempre tenham interatividade tanto com os clientes quanto entre os próprios usuário, como por exemplo pedir para que os seus clientes compartilhem o seu material, pois as redes sociais são uma excelente forma de propaganda boca-a-boca.

9. Procure sempre colocar novidades em sua Fan Page.

10032015C

9. Faça promoções especiais em finais de semana prolongados e coloque em sua Fan Page bem antes do período.

10. Faça do seu Facebook um grande portal para que os seus clientes sempre esperem pelo próximo fim de semana.

Fonte: http://marketingemidiassociais.com.br/blog/10-dicas-de-facebook-marketing-para-bares-e-restaurantes-chamarem-mais-clientes-no-final-de-semana/

banner_como_montar_restaurante

Inovando no Ponto de Venda

Postado em Atualizado em

O ponto de venda não é apenas um local onde ocorre a exposição dos produtos, mas um cenário projetado para convencer e estimular a compra. Nele estão impressos diversos estímulos sensoriais, que são interpretados pelos clientes como um ambiente agradável ou não. É o grau de experiências positivas vivenciadas no local que define o quão marcante para a pessoa é a sua marca ou loja. Sabendo disto, alguns empreendimentos investiram na experiência e inovaram em serviços, produtos e principalmente nos ambientes. É o caso de algumas padarias e restaurantes existentes em vários países, citados abaixo. Inovadores esses locais se transformaram em pontos turísticos.

O primeiro é o Capcom Bar (http://www.paselabo.tv/capcombar/), localizado em Tóquio. O local é um karaokê e um parque de diversões para os fãs de videogames. A atração principal é o cardápio, pois os pratos possuem a estética semelhante às comidas e bebidas dos jogos. Para incrementar as vendas, o bar dispõe de souvenires.

clip_image002

 

 

 

 

 

 

clip_image006

clip_image004

Na Tailândia no Hotel Soneva Kiri (http://www.sixsenses.com/privateresidences/kiri/index.php) , o cliente pode apreciar as comidas com uma bela vista do alto de uma árvore, a aproximadamente 5 metros do solo.

 

clip_image008

Na Alemanha a maior inovação do `s Baggers (http://www.sbaggers.de/), encontra-se na forma de entregar os pratos. Após fazerem seus pedidos em um cardápio digital acoplado em cada mesa, uma espécie de esteira conduz a refeição da cozinha em direção à mesa dos clientes.

 

clip_image010

clip_image012

Situado nas Maldivas o Ithaa

(http://conradhotels3.hilton.com/en/hotels/maldives/conrad-maldives-rangali-island-MLEHICI/amenities/restaurants_ithaa_undersea_restaurant.html) encontra-se a 16 metros abaixo do nível do mar. O restaurante é um submarino e o salão tem vista de 180° para o mar.

clip_image014

No Opaque (http://www.darkdining.com/index_main.php) restaurante, a visão não é o órgão mais estimulado, o que normalmente ocorre nos pontos de venda. Os clientes são vendados e convidados a se sentarem em um salão totalmente escuro. Desta forma os outros sentidos são aguçados.

clip_image016

http://www.sanfrancisco.com/opaque-restaurant/

O restaurante na água do Resort Villa Escudero (http://www.villaescudero.com/) nas Filipinas proporciona aos clientes desfrutarem de suas refeições com os pés na água e ainda, caso tenham interesse, tomar um “banho” nas águas da cachoeira.

clip_image018

clip_image020

Um dos espaços mais excêntricos é mérito do restaurante Modern Toilet (www.moderntoilet.com.tw). Com bom humor o local possui ambientação temática e cardápio inspirado no banheiro. O restaurante é um sucesso no oriente e já possui várias filiais.

clip_image022clip_image024

clip_image026

Outro exemplo excêntrico é o da padaria Eat Bakery (http://www.youtube.com/watch?v=GKSO7m3-MH8&feature=player_embedded#!), na Tailândia. Os pães são moldados com formatos de corpo humano. A inovação não fica somente nos produtos, pois os pães são expostos em bandejas e ganchos, associando a um açougue. O responsável pela produção é também artista plástico.

clip_image028

clip_image030

clip_image032clip_image034

Um lugar que surpreende pela beleza e contextualização com o entorno é o Snow Village (http://www.snowvillage.fi/), localizado na parte ocidental da Lapónia finlandesa. O Snow Village é um complexo que inclui restaurante, bar e hotel. Ele é construído, todos os anos no final de novembro, permitindo assim sempre novos ambientes e novas sensações aos clientes.

clip_image036clip_image038

E por último, outro empreendimento que proporciona experiências sempre novas, por ser itinerante, é o evento Dinner in the Sky (http://www.dinnerinthesky.com). O restaurante já percorreu diversos países como Londres, Dubai, Portugal e Brasil, e permite que os clientes realizem suas refeições, içados por um guindaste a uma altura de aproximadamente 50metros.

clip_image040

Algumas ideias poderão servir de inspiração, porém, antes de investir em locais que visam intensamente à experiência, é necessário um bom estudo preliminar para verificar se o negócio será viável e se realmente existe público para o empreendimento.

 

Minha fotoAutoria: Drielly Madeira – Designer de interiores do escritório M&N Ambientes, pós-graduada em Gestão de Marcas e Identidade Corporativa. Site: www.mnambientes.com; e-mail: contato@mnambientes.com Fone: (31) 3654 3013 // (31) 9821 4275

 

banner_guia_de_produtos

Empresa com cara de outdoor

Postado em Atualizado em

Grandes fornecedores ajudam bares e restaurantes a comprar equipamentos e acessórios em troca de publicidade


image

As camisetas verde-bandeira dos garçons destacam-se entre as mesas de madeira do restaurante O Brasileirinho, em funcionamento há quatro anos no mezanino do Mercado Municipal de São Paulo. Enquanto atendem os 120 clientes que passam diariamente pela casa, os funcionários exibem nos uniformes duas marcas: a da empresa e a dos cartões Visa. Para os proprietários de O Brasileirinho, a parceria com a multinacional rende a cada ano 48 conjuntos de camisa e avental para garçons e cozinheiros, além de 50 cardápios. Para a Visa, o acordo é um canal barato de publicidade em um dos principais pontos turísticos da cidade. Vantajoso para empreendedores e fornecedores, esse tipo de relação comercial é bastante comum no setor de alimentação e representa uma boa economia para donos de cafés, bares, lanchonetes e restaurantes. "Cerca de 30% dos estabelecimentos têm patrocínio em troca da propaganda", diz Joaquim Saraiva de Almeida, diretor da sucursal São Paulo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), que reúne 1.700 associados. No Brasil, a entidade engloba 6.000 empresas.

Segundo Almeida, as grandes fornecedoras de bebidas, alimentos e serviços oferecem apoio para a compra de uniformes, cardápios, louças, luminosos, refrigeradores, mesas e cadeiras. Fechar acordo com gigantes como Ambev, Coca Cola, Souza Cruz e Sadia, entretanto, não é tão fácil. Quanto mais antigo o relacionamento entre as partes e maior o poder de compra do pequeno empresário, mais chance ele tem de conseguir o incentivo. Pontos comerciais com grande circulação de pessoas e potencial de crescimento dos negócios também contam a favor na negociação. A Cervejaria Mangueira, de Goiânia, reuniu todos esses fatores como argumento para convencer a Ambev a custear 17 refrigeradores, uma geladeira industrial e 100 jogos de mesas e cadeiras. O dono, José Soares, calcula que o desembolso seria de R$ 67.000 se precisasse comprar os equipamentos. Em contrapartida, ele gasta R$ 70.000 mensais em cervejas e refrigerantes.

O diretor da Abrasel aconselha os empresários a avaliar o retorno que podem gerar para as marcas antes de solicitar o patrocínio. A parceria só é fechada se a previsão de vendas do estabelecimento compensar o valor investido.

Fonte: http://revistapegn.globo.com

banner_guia_de_produtos

O Cardápio é a Imagem do Restaurante

Postado em Atualizado em

imageO cardápio tem função primordial em um restaurante – é um dos seus principais instrumentos de marketing. Veículo de informação, venda e publicidade, tem como finalidade auxiliar os clientes na escolha de alimentos e bebidas. Deve ser cuidadosamente planejado e elaborado, pois transmite a imagem do estabelecimento para o consumidor.

Antes do surgimento dos modernos restaurantes, as casas que forneciam refeições não usavam cardápios escritos. Os nomes dos pratos e preparações eram anunciados pelos atendentes, que guardavam essas informações na memória. Com o passar do tempo, alguns restaurantes em Paris sentiram a necessidade de informar seus frequentadores com mais eficiência e começaram a listar as preparações em quadros que ficavam pendurados na entrada dos recintos. Nesse processo, e com o aumento da oferta de pratos, os proprietários começaram a perceber que o atendimento e o serviço de mesa agregavam valor, na perspectiva do cliente. Passaram, então, a listar os pratos em tábuas menores, que ficavam dependuradas na cintura dos garçons, de cabeça para baixo, para a sua visualização, de forma a ajudá-los na orientação dos pedidos. Aos poucos, os clientes foram sentindo a necessidade de consultar essas tábuas e pediam aos garçons para vê-las, o que fez surgir os cardápios individuais de hoje.

A carta de comidas ou menu, como pode também ser denominado o cardápio, pela sua importância, requer cuidados no seu planejamento e elaboração. É o primeiro elemento a ser pensado quando da decisão de se abrir um local para venda de comidas e bebidas. Esses critérios estão relacionados tanto à sua forma física quanto ao seu conteúdo.

planejamento_cardapios

Alguns fatores determinantes devem ser considerados na composição de um cardápio: os prováveis consumidores, as preferências regionais, a localização, o espaço físico, o ambiente, o orçamento, o tipo de serviço, o número de refeições, o horário de atendimento, os equipamentos, utensílios e mão de obra. Um outro aspecto diz respeito ao equilíbrio na escolha das cores, formas, sabores, texturas dos ingredientes e temperos que irão compor os pratos a serem oferecidos, assim como o tipo de preparo, temperaturas, conhecimento das preparações e viabilidade das composições. A harmonia entre esses elementos diferencia um cardápio bem elaborado de outro que não chega a tanto.

A estrutura física do cardápio não é um ponto menos complexo. O formato das cartas e a sua apresentação, muitas vezes, podem ser aspectos de atração ou repulsa ao restaurante, normalmente, numa reação inconsciente do consumidor. Como um instrumento de informação, deve ser condizente com a proposta do restaurante e adequado ao tipo de consumidor alvo do negócio.

Muitos donos de restaurantes, no afã de ganharem mercado ou chamarem atenção dos clientes, deixam de tirar proveito de um cardápio adequado, eficiente, atrativo. Cardápios muito extensos, por exemplo, cansam e confundem o consumidor, além de exigirem um estoque maior, dificultando o trabalho do garçom e penalizando a qualidade do serviço, o controle de material e elevando os custos. Pratos listados com fontes (letras) muito pequenas em locais com pouca luminosidade ou para um público que pode ter limitações visuais, dificultam a venda e aborrecem o cliente. Incluir produtos que estão frequentemente em falta também constitui falta grave. Cardápios muito grandes (como aqueles que, para serem lidos, é preciso que a cadeira vizinha esteja vazia) dificultam o seu manuseio. Ainda existem aqueles com elementos gráficos, em excesso, ou com cores não contrastantes, difíceis de visualizar.

O cardápio é um instrumento de venda e, como tal, deve facilitar a vida do restaurante, do garçom e do cliente. Entretanto, alguns estabelecimentos ainda falham na sua concepção, não tirando proveito do grande potencial que tem.
* Lourdes Barbosa é professora de Teoria e Prática de Alimentos e coordenadora do curso de Hotelaria na UFPE.

Fonte: http://www.bemtemperado.com.br

planejamento_cardapios